Buscar

Requerimento de David Soares é aprovado em sessão ordinária



A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) aprovou hoje (22), o requerimento 28/2019 de autoria do deputado federal David Soares que propõe a realização de Audiência Pública para debater os crimes cibernéticos na Câmara dos Deputados.


Segundo dados da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), o Brasil aparece em quarto lugar no mundo com o maior número de pessoas conectadas. A popularização das redes sociais contribui para o aumento de denúncias de crimes internet.


Já a SaferNet Brasil, associação civil de direito privado que visa proteger a defesa dos direitos humanos na internet , registrou uma alta de 109,95% em denúncias de crimes na internet no ano passado. A maioria das queixas são contra mulheres. Foram 133.732 queixas de crimes cibernéticos. (em 2017, foram 63.698).


Vale lembrar que em março, um ataque a escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Região Metropolitana de São Paulo deixou 10 pessoas mortas. O massacre foi planejado pelo menos desde novembro de 2018. Os autores premeditaram o crime num fórum na deep web, uma internet na qual pessoas anônimas incitam crimes de ódio e intolerância.


“Os órgãos persecutórios tem muita dificuldade de acessar a rede, essa é a motivação para trazê-los aqui na Câmara. Precisamos tirar os ratos da escuridão, seja com prisão ou proibição de acesso à internet”, afirmou David Soares.


Durante a defesa do requerimento, o deputado também mencionou o caso de Realengo, no Rio de Janeiro. Nesse mesmo fórum, usuários apoiaram o massacre. Além disso, há crimes contra a honra, caracterizadas legalmente como injúria racial, difamação e exposição de imagens pessoais sem autorização em sites e redes sociais.

Para a execução da Audiência Pública, David Soares solicitou a presença de competências policiais, representantes de instituições públicas e privadas. O objetivo é discutir soluções legais para que autoridades de persecução penal acessem provas importantes para resolução de investigações criminais.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now